Carreira, uma espiral decrescente

logoadministradores

O sonho da carreira, status, bonança e facilidades na qual o dinheiro ou a posição social promovem são grandes, permitindo inchar o egos de muitos. A principal preocupação não deve ser apenas subir algum tipo de hierarquia ou status financeiro, mas como se manter neles, sem regredir. Há um lema forte nos últimos anos, acentuado pela crise política no país e pela alta do desemprego, baseado até mesmo na filosofia, “o que sou e para onde vou?”. Dado a força propulsora da tecnologia no núcleo dos negócios, as estratégias das empresas, independente do segmento de atuação, estão muito mais dinâmicas, rápidas de serem implantadas e também rápidas para impactarem a sociedade, que por sua vez, tem mudado os hábitos e aceitado as mudanças, apesar de focos de resistência, menores do que em gerações passadas.

Continuar lendo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *