Viver sem sofrimentos

 viversemsofrimentos_admiravelmundo_34_menor

“-Mas a civilização industrial somente é possível quando não há desprendimento. É necessário o gozo até os limites impostos pela higiene e pelas leis econômicas. Sem isso, as rodas cessariam de girar.” “Não se pode ter uma civilização duradoura sem uma boa quantidade de vícios amáveis” pág 287. **

“Não sofrem e não enfrentam. Suprimem, simplesmente.” Pág. 289**

“Deus no cofre e Ford nas estantes.” Pág. 280**

“-Uma das numerosas coisas do céu e da terra com que não sonharam aqueles filósofos é isto; nós, o mundo moderno. ‘Só se pode ser independente de Deus enquanto se tem juventude e prosperidade; a independência não nos levará até o fim em segurança. ’ Pois bem, agora nós temos juventude e prosperidade até o fim. O que resulta daí? Evidentemente, que podemos prescindir de Deus. ‘O sentimento religioso nos compensará de todas as nossas perdas.’ Mas não há, para nós, perdas a serem compensadas; o sentimento religioso é supérfluo. E por que iríamos em busca de um sucedâneo dos desejos infantis, se esses desejos nunca nos faltam? De um sucedâneo das distrações, quando continuamos desfrutando todas as velhas tolices até o fim? Que necessidade temos de repouso, quando nosso corpo e nosso espírito continuam deleitando-se na atividade? De consolo, quanto temos o soma? De alguma coisa imutável, quando temos a ordem social?” Pág. 283**

“-Então o senhor acha que não existe um Deus?
– Ao contrário, penso que muito provavelmente existe.
– Então por que…?
– Mas ele se manifesta de modo diferente a homens diferentes. Nos tempos pré-modernos, manifestava-se como descrito nesses livros. Agora… – Bem, ele se manifesta como uma ausência; como se absolutamente não existisse. A culpa é da civilização. Deus não é compatível com as máquinas, a medicina científica e a felicidade universal. É preciso escolher. Nossa civilização escolheu as máquinas, a medicina e a felicidade. Eis por que é preciso que eu guarde esses livros no cofre. Eles são indecentes. As pessoas ficariam escandalizadas se…” Pág. 284**

“-Fazemos com que todos detestem a solidão, e organizamos a vida de tal forma que seja impossível conhecê-la.” Pág 285. **

Continuar lendo…

Pensar em política

Quando o tema é POLÍTICA, existe um grande desafio em compreender suas raízes, causa e efeito quando aplicada nas sociedades. Tamanha as ramificações de pautas a serem tratadas deste tema que este foi eliminado de todas as áreas do ensino, exceto na Faculdade.

Ética, filosofia e política e sociedade são de extrema importância para a formação de uma sociedade que tenha em seu ser (núcleo) um consistente embasamento sobre a vida, deveres, limitações, democracia e sistemas políticos.

Mesmo com a inquietação social desde meados de junho de 2013 com a insatisfação do aumento das tarifas do transporte público e o avançar das investigações da Lava-Jato, temos uma sociedade que tem sede de justiça, mas desconhece os mecanismos de mudanças.

Proponho este curso básico de Ciência Política, promovido pela Veduca, cujo conteúdo aborda a conceitos básico sobre o tema e como é feita sua aplicação no sistema brasileiro.

“Iniciar caminhos desconhecidos dá-se pela proposta de estudos, planejamento e estratégias” Flávio Sodré


Ciência política é o estudo dos sistemas políticos, das organizações e dos processos políticos.

Envolve o estudo da estrutura e dos processos de governo, ou qualquer sistema equivalente de organização humana que tente assegurar segurança, justiça e direitos civis. Abrange diversos campos, como filosofia, economia, geopolítica, administração, entre outros.

Link

Nenhum minuto a mais

anxious_p

As vinte e quatro horas são curtas, e pensamos em ter um clone para ajudar nas atividades diárias. Muitos pensamentos surgem e, no final do dia, esboçamos o cansaço. Se fosse apenas esse o problema… Ainda temos atividades em nossos lares, e a hora – mais uma vez! – some do controle. Continuar lendo…

Abraçados pela tecnologia

newfamilyImagem de Pawel Kuczynski

Tempo e dinheiro gastos sem discernimento, incoerentes às inovações tecnológicas constantes poderiam:

  • Unir as famílias, com jantares e diálogos saudáveis sobre elas mesmas, seus sonhos, medos e anseios, resgatando a essência e a importância de cada membro;
  • Melhorar a saúde física e a emocional;
  • Atualizar currículos com cursos de extensão universitária e de pós-graduação, além de idiomas;
  • Permitir intercâmbio cultural;
  • Dar início a projetos socioculturais.

 

Entrevista de RH

mentir_p

Candidato em entrevista de RH com psicólogo:

Por que você deseja trabalhar em nossa empresa? – indaga o psicólogo.

– Porque a empresa é organizada, possui áreas nas quais almejo aprender, agindo com cooperação. Esse sempre foi meu sonho e minha meta. Tenho amigos que trabalham aqui e me passam feedbacks positivos. Por isso me preparei para essa entrevista e sou capaz de superar metas e desafios. – resposta do candidato que reflete o anseio da empresa.

Pensamento do candidato quanto a essa resposta ideal: “Preciso de trabalho; as contas chegam, e ninguém perdoa ou considera se há falta de dinheiro. Tenho família e sou o principal mantenedor; aliás, até a roupa para a entrevista tive que pegar emprestada. Que diferença faz ser uma multinacional ou não?! Afinal, sei exercer as atividades propostas; do contrário, não teria histórico profissional que comprova minhas aptidões. Já superei desafios, subi degraus na hierarquia… Muitas  aptidões foram reveladas na horizontal; tudo detalhado no currículo. Infelizmente é preciso fantasiar, e estou há muito tempo sem trabalho. As empresas determinam o que desejam ouvir dos candidatos e ainda exigem transparência e ética, que não combinam com as fantasias…”.